Em tempos de avanços significativos do mercado sobre a Educação; em meio a ataques conservadores à intelectualidade e os crescentes discursos de ódio às minorias, as pesquisas no campo do ensino de Biologia não podem se pôr a par do cenário distópico que se desenha. Se queremos constituir um ensino de Biologia mais humanizado, isto é, que se pretende socialmente relevante, justo e emancipatório, necessitamos compreender o campo como um espaço de criação, resistência e diversidade. Neste sentido, entendemos que urge a produção e os deslocamentos teóricos, experimentos metodológicos e as invenções epistemológicas que se oponham a este quadro. Desta forma, é com satisfação que convidamos às pessoas interessadas a participarem e divulgarem a chamada para o Número Especial Temático Currículo e ensino de Biologia.


Ementa:

A questão curricular é uma temática essencial para a construção e implantação de um ensino de Biologia que se pretende mais humanizado e socialmente relevante. Um ensino de Biologia que atenda a um imperativo didático que não dissocia os aspectos sociais e culturais da dimensão biológica, afinal, não existe o biológico separado do todo, como nos lembraram Freire & Horton (2003). O contexto pandêmico trouxe à tona inúmeros episódios de ofensas, agressões, discursos de ódio e racismo e, neste sentido, compreendemos que produções que versem sobre currículos e práticas curriculares para o ensino de Biologia são potentes para expor uma perspectiva de ensino que se mova para além de uma fronteira delimitadora do que diz o que é próprio ou não da disciplina escolar Biologia. Assim, o objetivo deste dossiê é reunir relatos de pesquisas e experiências que discutam o funcionamento dos currículos para o ensino de Biologia, suas relações de poder, produção de verdades e, também, possíveis incidências e diálogos desses currículos com o novo cenário que se apresenta, contorcendo a produção curricular para além da concepção de um ensino higienista, insípido, inodoro e inerte a tudo o que vivemos.

Envie seu artigo! participe!!

Acesse: renbio.org.br/dossie